I do what I can

Random thoughts from Mauricio Teixeira…

Posts Tagged ‘nerd

TweetDeck on RHEL 6 x86_64

leave a comment »

Yeah, I am a monster, I know. Should not be using it, but… Anyway…

Here is a (not so) quick and (very) dirty way of installing TweetDeck on Red Hat Enterprise Linux 6 x86_64 (Release Candidate, by time of this writing).

  • Install all the necessary dependencies:

# yum install ld-linux.so.2 gtk2-devel.i686 libdbus-glib-1.so.2 libhal.so.1 rpm-devel.i686 libXt.so.6 gnome-keyring-devel.i686 libDCOP.so.4 libxml2-devel.i686 nss-devel.i686

  • Download Adobe Air RPM (best practices, remember?).
  • Install it:

# yum localinstall adobeair.i386.rpm –nogpgcheck

  • Restart Firefox, then go to the TweetDeck installer page and click on “Download now, it’s free“.
  • Next, next, finish.
  • Have fun! 🙂
Anúncios

Written by netmask

outubro 21, 2010 at 12:40

Publicado em Uncategorized

Tagged with , , ,

Brincando com fotos / Playing with photographs

leave a comment »

Plaza de MayoJust trying to be "artistic" (in HDR)

–pt_br

Recentemente tenho brincado de fazer algumas fotos “diferentes” com meu N900.

Fique atento ao meu Flickr, principalmente ao set de Panoramas, e à tag HDR.

–en

Lately I have been playing about taking some “different” pictures using my N900.

Stay tuned to my Flickr, specially the Panoramas set, and the HDR tag.

Written by netmask

outubro 14, 2010 at 01:11

Publicado em Uncategorized

Tagged with , , , ,

Tilt-shift video

with one comment

Last year a Brazilian bank has released a series of TV spots (Perspectivas / Projeto Perfeito) by which I came to know about tilt-shift photography.

I was amazed by this technique, and decided to give it a try. Even though it is possible to do tilt-shift photos in Linux (example / example), I could not find a tool that would do it with videos. So, after some googling I found a way of doing it using Adobe After Effects.

I did some videos at home, and kept them with me. But after looking at a co-worker’s tilt-shift tests, I decided to make mine public too. So here we go:

They’re not of great quality, but they were a lot of fun to do.

By the way, if you know how a tool capable of doing it in Linux, please share in the comments area.

Have fun. 🙂

Written by netmask

julho 15, 2010 at 10:41

Publicado em Uncategorized

Tagged with , ,

Prince of Persia: game x filme

with 2 comments

Atenção: pode conter spoilers sobre o filme.

Não sou bom crítico de nada. Nem de filme, nem de games. Sou apenas um cara que tem opinião, e gosto de expressar.

Existem muitos filmes que são adaptações de quadrinhos, desenhos, até mesmo séries. Mas recentemente temos tido várias ocorrências de adaptações de jogos de vídeo-game (games). Dentre essas várias adaptações, Prince of Persia foi a que mais me chamou a atenção, pois sigo a franquia de games há muitos anos. Não sou devoto, nem me atrevo a dizer que conheço a fundo o mundo do príncipe sem nome.

“Sem nome”??? É. Nos games o príncipe não tem um nome específico. Alias, nem sempre é o mesmo personagem. Prince of Persia é uma franquia de games, com várias estórias e várias vertentes. Leia mais no Wikipedia.

O filme “Prince of Persia: The Sands of Time” é baseado na trilogia de jogos homônima. Vamos grifar aqui a palavra baseado. O filme não segue exatamente a mesma estória. Apenas mantém o espírito do jogo, que trata das tais areias que controlam o tempo. Vamos então verificar os principais pontos nos quais eles divergem.

Como eu disse antes, no game o Príncipe não tem nome, mas no filme ele se chama Dastan (o público tem dificuldade de se relacionar com personagens sem nome). Em geral, na franquia, o Príncipe é um aventureiro ou um mercenário. Especificamente no Sands of Time ele realmente é o filho de um rei. A grande diferença é que no game ele é o filho legítimo, e também é o seu general, enquanto no filme ele é uma criança adotada da rua, e não passa de um “leão de chácara” do rei. Ignorando de onde ele veio, o mais importante (e empolgante) do filme é que Dastan (ou o Príncipe, tanto faz) mantém as características acrobáticas e a ironia debochada criada na franquia.

A princesa Tamina do filme chama-se Farah no game. O interessante é que tanto no game quanto no filme ela é a filha de um marajá, e reina sobre uma pequena província, parte do reino Persa. Acontece que no game eles invadem a tal província e levam a princesa com eles para a próxima província (onde acontece a estória do game), e no filme eles invadem a própria província onde ela está, e tudo acontece lá.

O vilão do filme é o conselheiro do rei, Nizam, que também é irmão do mesmo. No game o vilão é o grão-vizir (também um tipo de conselheiro) sem nome. No game o Vizir também quer tomar o trono, e faz isso convencendo o Príncipe a liberar as areias do tempo, e todo o mal que ela guarda. O Príncipe, então, luta durante todo o game para reparar a “besteira” que ele mesmo fez. (SPOILER) Já no filme, ele tenta impedir que o irmão do rei de tomar o trono mudando o passado (SPOILER).

Falando na tal areia. Tanto no game quanto no filme o tempo é controlado pela adaga. Porém no game a adaga se “recarrega” após um tempo depois de ser usada. No filme é necessário introduzir a areia que vem do tal recipiente que guarda as areias do tempo. Por sinal, no game o tal recipiente é uma ampulheta, e no filme é um cristal gigante de vários andares de altura, enterrado no sub-solo da cidade.

Resumindo. O filme é mais uma vertente da franquia (um fork, como diriam os nerds). O mais importante, que são as acrobacias e o humor debochado, foram mantidos.

Definitivamente um bom filme para quem gosta da franquia. Não decepciona.

Para quem não conhece a franquia, é uma ótima forma de se inteirar no assunto.

Divirtam-se! 🙂

Written by netmask

junho 5, 2010 at 23:14

Publicado em Uncategorized

Tagged with , , ,

Nerd Pride Day

leave a comment »

Happy Nerd Pride Day!

Proud to be nerd

My 2010 primary addiction

Check out MAG soundtrack.

My 2010 secondary addiction

Written by netmask

maio 25, 2010 at 11:58

Ovi Maps for Nokia E71

leave a comment »

Yay! The new Ovi Maps is now available for the Nokia E71. This brings free worldwide navigation to this great mobile device. Get it now!

Written by netmask

abril 10, 2010 at 15:47

Publicado em Uncategorized

Tagged with , ,

Top 10: Why Subversion is better than Git

with one comment

There are many blog posts out there that try tell you why Git is better than Subversion. But very few that tell you why Subversion is better that Git. As expected: You don’t have to state the obvious…

(Read more)

Ps.: I don’t support his comments about “communism”…

Written by netmask

janeiro 15, 2010 at 10:17

Publicado em Uncategorized

Tagged with , ,