I do what I can

Random thoughts from Mauricio Teixeira…

Informações vazam pela Receita Federal. Sim, eu acredito.

with 2 comments

Ontem saiu uma matéria no Jornal Nacional sobre vazamento de informações do Imposto de Renda. O carinha foi bem esperto inserindo o sufixo “IR” no seu endereço de casa, e no e-mail que foram usados na declaração do IR. Depois de um tempo, ele começou a receber propostas de cartão, SPAM, e um monte de lixo, usando os endereços indicados.

Eu acredito no cara, e muito. Eu uso apenas UM e-mail na declaração do IR desde que eu comecei a declarar, e nesse e-mail recebo muita porcaria. Em compensação, tenho vários outros endereços, inclusive utilizados em listas de discussão, que nunca receberam um spamzinho sequer pra contar uma estória.

Isso é um perigo! A matéria diz também que dá pra comprar no camelô um CD com todos os dados, inclusive CPF! Imagino também que alguém por aí sabe exatamente o quanto ganho e o quanto gasto.

Pensando bem, tem outra coisa que me faz acreditar! Ano passado eu recebi uma ligação com uma proposta de cartão de crédito. Quando a moça me perguntou “qual sua renda mensal?”, eu joguei um valor qualquer um pouco mais alto que a minha renda oficial. Sabe o que aconteceu? Ela acreditou! Me deu um limite de 90% da minha renda, e quando eu perguntei “precisa comprovante?”, ela disse “não senhor, o importante é sua palavra. Quem é o louco que aceita a palavra como prova de alguma coisa? Aposto como eles já tinham a minha declaração de renda nas mãos antes de ligar.

Ok, aceito o argumento de que pode não ser a Receita Federal, enquanto instituição, que está vazando as informações. Mas isso prova que tem muita gente mal intencionada lá dentro, e o fato de essas pessoas existirem já implica falta de gerência, falta de caráter, e principalmente, falha no processo seletivo. Nós sabemos, direta ou indiretamente, que a maior parte das pessoas que trabalham em cargo de confiança são implesmente declaradas como “confiáveis” porque alguém indicou. E o teste psicotécnico? E a avaliação continuada? E a auditoria? Eita! Até o auditor pode estar comprometido.

Salve-se quem puder!

Written by netmask

março 23, 2006 às 11:18

Publicado em anything

Tagged with

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Outro tipo de abuso que tornou´-se comum são as empresas “parceiras” da companhias telefônicas. Dia desses liguei pra BRT reclamando que uma empresa “parceira” da BRT ligou lá pra casa vendendo um seguro. E pior: do tipo de atendente de telemarketing que não se deixa abater com o primeiro NÃ?O! Peraí, quer dizer então que a Brasil Telecom acha que tem o direito de fornecer meu telefone para que outras empresas me liguem??

    Kátia

    março 23, 2006 at 12:10

  2. Não estamos na era da informação? Dados de cliente viraram mercadoria.🙂

    netmask

    março 23, 2006 at 12:22


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: